Luan evita derrota do Vasco para o Santa Cruz e decisão fica para Recife

Foi na raça. Depois de levar o gol no primeiro minuto, o Vasco no fim empatou em 1 a 1 com o Santa Cruz, na noite desta quarta-feira, em São Januário, pela ida da terceira fase da Copa do Brasil. Coube de novo ao zagueiro Luan fazer o gol salvador, assim como tinha sido no jogo anterior. Na próxima quarta-feira, na volta em Recife, bastará uma simples vitória para o time de Jorginho se classificar.

Apesar de ter entrado em campo com o time reserva, o Santa Cruz jogou para cima em busca da vitória. E logo no primeiro minuto de jogo, apresentou o seu cartão de visitas ao Vasco. Bruno Moraes recebeu ótimo lançamento de Leandrinho. O centroavante pernambucano ganhou de Rodrigo, e tirou de Martin Silva para estufar as redes.

Logo após o primeiro gol, a torcida do Vasco não desanimou, continuou apoiando a equipe em campo para que não ficasse no resultado adverso. Nenê, aos 17, tocou por cobertura e quase fez um golaço. Leandrão, aos 20, obrigou Tiago Cardoso a fazer grande defesa. E Madson, aos 43, também parou no goleiro do Santa Cruz. Apesar dos esforços, o Vasco foi para o intervalo com uma derrota parcial.

Na volta para o segundo tempo, Jorginho abriu mão do 4-2-3-1, sacando Henrique do meio de campo e colocando mais um atacante (Caio Monteiro). Entretanto, a estratégia utilizada pelo treinador do Vasco não refletiu muito bem o efeito esperado. A equipe de São Januário seguiu parando no Santa Cruz, com uma boa força defensiva e ainda levando perigo na chegada ao ataque.

Aos seis, Martin Silva fez duas boas defesas em sequência, em chutes de Bruno Moraes e Marcílio. O goleiro uruguaio salvou novamente o Vasco de levar o segundo do Santa Cruz aos 19, em cabeçada de João Paulo. O arqueiro vascaíno fez novo milagre, novamente com João Paulo, mas desta vez em cobrança de falta. Na completa raça e estrela do zagueiro Luan, o Vasco foi chegar ao empate aos 43. Jorge Henrique quase virou aos 48. Mas ficou no 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 1 SANTA CRUZ

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 13/7/2016 - 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso (PA)

Auxiliares: Celso Luiz da Silva (MG) e Luiz Antonio Barbosa (MG)

Renda/público: 6.861 presentes/ 6.398 pagantes / R$ 190.670,00

Cartões amarelos: Madson, Jorge Henrique, Julio Cesar (VAS) e Derley, Tiago Costa (SAN)

GOLS: Bruno Moraes 1'/1ºT (0-1) e Luan 43'/2ºT (1-1)

VASCO: Martin Silva, Madson (Yago Pikachu intervalo), Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Marttos, Henrique (Caio Monteiro intervalo), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Leandrão (Thalles 18'/2ºT). Técnico: Jorginho

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Vitor, Neris, Wellington e Tiago Costa; Derley, Marcílio, Wellington Cézar (Uillian Correia 31'/2ºT), Leandrinho (Keno 11'/2ºT) e Lelê (João Paulo 11'/2ºT); Bruno Moraes. Técnico: Milton Mendes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos