Chegada de Pellè deve tirar Diego Tardelli do Shandong Luneng

O atacante Diego Tardelli está de saída do Shandong Luneng. Segundo o site "Sina", o brasileiro foi o escolhido para deixar a lista de inscritos do time na Super Liga Chinesa para a entrada do atacante Graziano Pellè, ex-Southampton, que foi contratado por 13 milhões de libras (R$ 55 milhões), de acordo com a imprensa inglesa. No campeonato local, apenas cinco estrangeiros são permitidos, sendo um deles obrigatoriamente asiático.

O Shandong Luneng tem em seu elenco, além de Tardelli, o zagueiro Gil, o meia Montillo, o volante Jucilei (naturalizado palestino) e o atacante Aloísio. Nesta janela de transferências - que fecha na próxima sexta-feira (15) -, chegaram Pellè e Papiss Cissé. Desta forma, o senegalês herdará a vaga do Boi Bandido e o italiano ficará com o lugar do ex-jogador do Atlético-MG.

A volta de Tardelli para o futebol brasileiro ainda pode acontecer, mas é improvável. Ele tem contrato com o Shandong Luneng até o dia 20 de janeiro de 2019 e recebe salário de cerca de US$ 375 mil (R$ 1,2 milhão) por mês, valor considerado alto para os padrões do Brasil. A tendência é que o atacante troque de clube no futebol chinês.

Tardelli perdeu espaço no elenco do Shandong após a saída do técnico Mano Menezes e a chegada de Felix Magath. Apesar disso, foi aproveitado nas duas últimas partidas, marcando dois gols.

Diego Tardelli pode ter se despedido do Shandong Luneng na última quarta-feira, quando marcou dois gols e ajudou o time a bater o Shijiazhuang Ever Bright, por 4 a 0. Nesta temporada, foram nove gols em 21 jogos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos