Jorginho analisa empate na raça e garante não ser hora para desespero

A ida da terceira fase da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, em São Januário, contra o Santa Cruz, não foi como o técnico Jorginho esperava para o Vasco. Empate na raça em 1 a 1, com o time não indo tão bem, e levando a decisão da vaga às oitavas para o segundo jogo. Em entrevista coletiva após a partida, o comandante analisou o resultado e lembrou que não é momento de desespero.

- Tivemos um primeiro tempo realmente ruim, equipe não se encontrou taticamente, não conseguimos jogar, em razão do gol muito rápido que tomamos. Isso desestabilizou a equipe. Eles tiveram mais tranquilidade para jogar. É importante saber jogar quando as coisas não estão bem. Tem que ir na raça, na vontade - afirmou o treinador para completar:

- Foi o que o Vasco fez. A gente poderia ter virado o jogo, mas foi um jogo para que a gente tenha consciência de que não fomos bem. Mas não é momento para desespero. Seria melhor se não tivéssemos sofrido gol em casa. Mas estamos dentro. Foi importante empatar. Agora podemos ir para lá e reverter a situação. Pode construir uma vitória.

Os jogadores do Vasco se reapresentam na tarde desta quinta-feira, em São Januário, e na sequência viajam por conta do jogo de sábado, contra o Luverdense. O jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil ocorre somente na quarta-feira que vem, no Arruda, em Recife.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos