Vasco espera por agilidade em caso Júnior Dutra para fechar o elenco

O Vasco ficou dois meses procurando um atacante para a vaga de Riascos, que deixou o clube em maio. Tentou nomes conhecidos, como Grafite, Gilberto, Luis Fabiano e Leandro Damião, mas não teve sucesso. A alternativa encontrada por Jorginho foi Júnior Dutra, de 28 anos, que pouco jogou no futebol brasileiro. Ele já está terminando a realização dos exames médicos, mas precisa de pressa para a sua regularização.

Júnior Dutra estava no Al Arabi, do Qatar. Saiu por meio judicial local por conta de salários atrasados. No período de pré-temporada em janeiro, chegou a ser oferecido ao Vasco, mas a diretoria recusou. A situação mudou agora somente pelo fato de o clube não ter conseguido outro nome. Pesou também o fato de Júnior Dutra ser um conhecido de Jorginho. Os dois trabalharam juntos na época de Kashima Antlers, do Japão.

- Primeiro tem que ver o fator jurídico. Está saindo do Qatar em uma questão da Justiça, por não ter recebido salários. Trabalhou comigo no Kashima Antlers, de extrema velocidade. Joga em quatro posições na frente, pelos lados, meia-atacante, primeiro homem também - lembrou o técnico Jorginho para completar:

- Júnior Dutra tem característica bem diferente do Nenê. Às vezes sentimos essa necessidade da velocidade. Leandrão é de área, não é tão veloz. Tem o Thalles também. Mas não temos tanta velocidade. Com certeza, se tudo der certo, é uma grande possibilidade para a gente a chegada deste jogador para a temporada.

A janela de transferência internacional fecha na terça. Os trâmites estão sendo realizados com agilidade para que a chegada de Júnior Dutra ao Vasco não ser prejudicada. Ainda tem o fator complicador do Al Arabi, que pode vir a não enviar a documentação de liberação. Se isso acontecer, a Fifa será acionada e tende a acatar pró-jogador. O tempo é único adversário para ele ficar até o fim de 2017.

DO ALTO DA COLINA

David Nascimento - Repórter

"Aposta válida para a equipe"

Júnior Dutra é uma aposta. Não dá para se dizer se irá ir bem com a camisa do Vasco, caso realmente assine o contrato. Saiu cedo do Brasil, passou praticamente toda a carreira no exterior, em clubes do Japão, Bélgica e Qatar. Jorginho o conhece melhor, estiveram juntos no Kashima Antlers... Dentro das circunstâncias, é uma aposta válida. Se der certo, será uma bola dentro do clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos