Pikachu marca, mas Vasco leva gol no fim e não captura vitória

O campo de batalha não estava a favor. Em um lugar muito, muito distante do Rio de Janeiro, o Vasco deixou de capturar a vitória na reta final da partida e saiu do Passo das Emas com o empate por 1 a 1 com o Luverdense, pela 16º rodada da Série B. Em tempos de sucesso do jogo Pokemon Go, coube a Yago Pikachu colocar o Gigante da Colina em vantagem, mas faltou evolução. O castigo neste sábado veio nos minutos finais do jogo, graças a Alfredo.

Apesar do tropeço, o Vasco segue como líder isolado da Série B, com 32 pontos. Já o Luverdense tem 10 a menos: 22 pontos. Na próxima rodada, o Vasco recebe o Bragantino, em São Januário. Já o time do Mato Grosso visita o Bahia, na Fonte Nova.

O Vasco apresentou as dificuldades esperadas para uma equipe recheada de reservas, já que Jorginho optou por poupar jogadores da viagem ao interior mato-grossense pensando em economizar energia para o jogo contra o Santa Cruz, quarta-feira, pela Copa do Brasil. Os principais jogadores, como Nenê, ficaram torcendo de casa.

A juventude e falta de entrosamento foram preponderantes para um primeiro tempo complicado. O Vasco só sobreviveu sem tomar gols nos primeiros 45 minutos porque Jorginho não poupou - com razão - o goleiro Martin Silva. Foram pelo menos três defesas importantes, sendo duas delas em finalizações de Tozin.

Na frente, o Vasco conseguiu segurar pouco a bola, errou passes e foram raros os momentos de perigo, exceção feita a um contra-ataque que culminou com uma finalização de Thalles que triscou a trave.

Mas o intervalo veio e o panorama da partida mudou. O Luverdense caiu de rendimento e a garotada do Vasco passou a se encontrar mais em campo.

E foi aí que Yago Pikachu apareceu na batalha. Com méritos de Thalles e Evander, que trocaram passes de cabeça e envolveram a zaga do Luverdense, o lateral-direito se projetou à frente e ficou na cara do goleiro. Com tranquilidade, ele deu um choque de alegria na torcida ao tocar no cantinho.

Mas o manter o resultado não seria simples. Com alguns jogadores sem ritmo e, para piorar, três alterações feitas já aos 19 minutos do segundo tempo - todas por lesão, o Vasco suou bastante e deixou o fôlego escapar.

A alteração decisiva para o jogo foi do Luverdense. Alfredo entrou aos 40 minutos do segundo tempo no lugar de Régis Souza. Cinco minutos depois, foi justamente ele o autor da cabeçada que deixou o placar empatado, selando o tropeço dos vascaínos, que só capturaram um ponto fora de casa

LUVERDENSE 1 X 1 VASCO

Local: Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT)

Data/Hora: 16/7/2016, às 18h30

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Assistentes: Helton Nunes (SC) e Paulo Cesar Silva Faria (MT)

Cartões amarelos: Gabriel Valongo, Everton (LUV); Yago Pikachu (VAS)

Gols: Yago Pikachu, 14'/2ºT (0-1); Alfredo, 45'/2ºT (1-1)

LUVERDENSE: Gustavo Leite, Raul Prata, Airton, Everton e Paulinho; Ricardo (Douglas Baggio, 32'/2ºT), Jean Patrick, Moacir (Sergio Mota, 25'/2ºT), Régis Souza (Alfredo, 40'/2ºT) e Rogerinho; Tozin. Técnico: Júnior Rocha.

VASCO: Martin Silva, Yago Pikachu, Rafael Marques (Aislan, 19'/2ºT), Jomar e Alan Cardoso; Diguinho, Julio dos Santos, William (Mateus Pet, 16'/1]T), Evander e Caio Monteiro (Andrei, 45'/1ºT); Thalles. Técnico: Jorginho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos