Por 'alegrias diferentes', Dorival cobra para Santos não perder atletas

A vitória do Santos sobre a Ponte Preta por 3 a 1 ficou em segundo plano na entrevista coletiva do técnico Dorival Júnior. Isto porque a noite do Peixe teve um representante do Barcelona na Vila Belmiro e declarações importantes de Gabigol.

Conforme o camisa 10 afirmou, este pode ter sido seu último jogo no Alvinegro, já que vai para a Olimpíada. Com todas essas colocações, Dorival fez um desabafo e disse tudo que pensa a respeito.

- Está na hora do torcedor do Santos ter alegrias diferentes. Temos que nos posicionar. Ou vamos para um lado ou para outro. Seria impossível repor (se perdesse Lucas Lima e Gabigol). Até hoje não conseguimos uma composição sem o Geuvânio. Não sei se teríamos o usado o valor da venda dele para repor. As vezes é mais caro repor. Em que momento os clubes brasileiros vão tomar uma posição? Gostaria de vero Santos mais forte - opinou.

Apesar da maioria das perguntas de sua entrevista serem sobre possíveis saídas de jogadores, Dorival conseguiu espaço para elogiar a atuação do Peixe.

- Temos que valorizar o trabalho realizado e o desenvolvimento. A maneira como nos comportamos contra uma bela equipe. Situações internas resolvo aqui dentro - destacou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos