Majestoso se resolve rápido e São Paulo tira 1º ponto do Timão na Arena

Cueva e Bruno Henrique decidiram o Majestoso deste domingo, pela 15ª rodada do Brasileirão, em apenas oito minutos. Com gols marcados aos 13 e 21 minutos do primeiro tempo, Corinthians e São Paulo empataram em 1 a 1 na Arena de Itaquera. Em cinco jogos, foi a primeira vez que o Timão não conseguiu vencer o Tricolor atuando em seus domínios. E até o empate foi difícil de arrumar...

De trapalhada em trapalhada, o Majestoso começou em ritmo quente na Arena Corinthians. Michel Bastos e Danilo já tinham tentado alguns lances de efeito, mas não foi a experiência que fez a diferença no início do jogo, e sim a novidade. Cueva, quarto jogo pelo São Paulo, partiu em jogada individual após passe de Ytalo, que superou a marcação de Yago, e aplicou lindo drible em Balbuena. Na área, o peruano foi derrubado por Yago e chamou a responsabilidade na batida de pênalti. Preciso, Cueva colocou o Tricolor em vantagem.

O gol sofrido logo aos 13 minutos do primeiro tempo abriu os olhos do Corinthians na Arena. Pelas pontas, a equipe passou a criar mais, e não demorou a abrir o placar. Danilo cruzou na entrada da área após falha de Mena na marcação e Marquinhos Gabriel concluiu sem firmeza. Bem colocado, Rodrigo Caio salvou a finalização corintiana, mas o rebote sobrou em Bruno Henrique, que cabeceou no reflexo. Meio sem querer, mas tudo igual em Itaquera.

No São Paulo, os substitutos de Ganso e Calleri vinham sendo destaques: Cueva e Ytalo. Já pelo Corinthians, Danilo e Marquinhos Gabriel eram os que levavam mais perigo - o primeiro, aliás, entrou na equipe apenas para o jogo deste domingo. A questão é que não havia evolução em nenhum dos lados. Em um havia Michel Bastos e Centurión para atrapalhar, e do outro Giovanni Augusto e Rodriguinho não faziam questão de acrescentar muita coisa. Jogo travado.

O Corinthians com volume, o São Paulo com inteligência, mas a primeira boa chance da etapa complementar foi do time da casa: jogada pela direita e sobra para Romero, que cabeceou dentro da área e viu Denis fazer grande defesa. Cristóvão acionou Elias, Guilherme e Rildo, Bauza decidiu apostar em Luiz Araújo, Gilberto e Wesley, mas o jogo não mudou muito de status: correria pelas pontas, pouca criatividade na faixa central e muitos sustos nas bolas aéreas graças às defesas escancaradas.

O São Paulo se soltou com as mexidas. Após escanteio, Wesley bateu para o meio e Hudson quase conseguiu o arremate. Depois, o mesmo Wesley tentou o tiro do meio da área, mas Balbuena desviou e Cássio quase foi enganado. O São Paulo seguiu dominando até o fim, mas não conseguiu traduzir suas chances em gol.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 1 SÃO PAULO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data/horário: 17 de julho de 2016, domingo, às 16h

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (Fifa-PE)

Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG)

Público/renda: 42.099 pagantes/ R$ 2.620.166,00

Cartões amarelos: Rodrignho, Elias e Fagner (COR); Hudson, Thiago Mendes e Cueva (SAO)

Gols: Cueva 15'1ºT (pênalti) (0-1); Bruno Henrique 21'1ºT (1-1)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho (Elias 12'2ºT); Marquinhos Gabriel (Rildo 31'2ºT), Giovanni Augusto (Guilherme 22'2ºT) e Romero; Danilo. Técnico: Cristóvão Borges.

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson e Thiago Mendes; Centurión (Gilberto 26'2ºT), Cueva e Michel Bastos (Luiz Araújo 29'2ºT); Ytalo (Wesley 32'2ºT). Técnico: Edgardo Bauza.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos