Suspensão de Hudson gera disputa por vaga no meio-campo do São Paulo

Os próximos treinos no CT da Barra Funda servirão para Edgardo Bauza escolher a dupla de volantes titulares do São Paulo para encarar o Grêmio, na 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Hudson, que iniciou o clássico com o Corinthians neste domingo ao lado de Thiago Mendes, recebeu o terceiro cartão amarelo durante o empate em 1 a 1 e agora está suspenso.

Patón deu folga ao elenco nesta segunda-feira, mas depois terá cinco dias de treinamentos para ajustar o Tricolor para o duelo de domingo, às 16h, contra os gremistas. Dois jogadores lideram a disputa pela vaga de Hudson no confronto em Porto Alegre: Wesley, que entrou no segundo tempo do Majestoso, e João Schmidt, que ficou apenas no banco de reservas.

O primeiro teve atuações ruins como ponta direita na semifinal da Copa Libertadores da América e foi muito criticado pela torcida. João, por outro lado, está com prestígio e recuperado de pancada na coxa direita que o tirou da partida de volta contra o Atlético Nacional (COL) na quarta-feira passada. O garoto Artur, de 20 anos, corre por fora na briga.

Ao longo da semana, Bauza ainda espera reforçar a equipe com até três contratações e a recuperação do atacante Kelvin, que se recupera de lesão muscular na coxa esquerda. Outro jogador do setor ofensivo que causa preocupação pela condição física é o centroavante Ytalo, que deixou a Arena Corinthians neste domingo com bolsa de gelo no joelho direito.

Assim como Hudson, estavam pendurados Maicon, Bruno e Wesley, que escaparam de levar cartões em Itaquera - Carlinhos estava na mesma situação, mas não saiu do banco de reservas no clássico.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos