Após revés, Eduardo celebra semana 'cheia' antes de jogo contra o Inter

Para o técnico Eduardo Baptista, da Ponte Preta, a derrota por 3 a 1, no último sábado, para o Santos, não condiz com o que foi o jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de a partida ter sido na Vila Belmiro, casa do Peixe, a equipe de Campinas foi mais agressiva, finalizando mais vezes, porém sem conseguir ser assertiva, conforme analisou o treinador da Macaca.

- Um jogo muito difícil. O Santos é um time com jogadores de seleção e que jogam juntos há muito tempo. A Ponte veio com coragem. Demoramos um pouco para entrar na partida, acertar o tempo de jogo. Sofremos um gol de bola parada. Na segunda metade do primeiro tempo igualamos. Criamos situações. No segundo tempo voltamos melhor - disse, acrescentando:

- Fomos superior. No total foram 19 finalizações nossa contra 13 do Santos. O que ganhou foi a efetividade do Santos. Em duas bola fizeram dois gols. Criamos, chegamos e fizemos um só. A Ponte não deixou de brigar e nem de jogar. Tentamos até o final. A qualidade do Santos fez a diferença - justificou.

O treinador ainda teve que promover as estreias de Maicon e Wendel já que conta com uma vasta lista de atletas lesionados. Sobre os recém-contratados, Baptista gostou do que viu.

- Nós conversamos e eu avalio como positiva as atuações do Maicon e do Wendel. Tem o entrosamento que temos que trabalhar. Era uma situação que não tínhamos volantes e a diretoria foi brilhante e rápida para regularizar esses jogadores para jogarem hoje (sábado) - explicou o treinador, que agora comemora a semana livre para treinar antes do próximo compromisso do Brasileiro, diante do Internacional.

- Temos uma semana cheia para recuperarmos e treinarmos. Entrosar os atletas que chegaram. Ver as melhores opções. Esperamos recuperar o Jeferson, mas o Nino foi muito bem hoje. É o lado do Santos muito difícil de marcar e ele foi muito bem - afirmou.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta volta a campo no próximo domingo, quando enfrenta o Internacional, às 11h, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. A Macaca chega para o duelo ocupando a sétima colocação, com 23 pontos, enquanto o Inter é o décimo, com 20.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos