Marcos Junior diz que gol foi para criança com doença rara e exalta torcida do Flu

O atacante Marcos Junior dedicou o seu gol contra o Cruzeiro, o segundo da vitória do Fluminense por 2 a 0, para uma pessoa especial. Em coletiva de imprensa após o treino desta segunda-feira, o jogador disse que o seu feito foi para o menino. Aloisio Baldutti Filho, conhecido como Izo, de apenas três anos. A criança mora em Xerém e tem uma doença rara chamada linfangioma, e precisa de tratamento especial.

Inclusive, o atacante está promovendo uma nobre ação para ajudar o garoto. Em sua conta no Instagram, Marcos Junior lançou um leilão da camisa que utilizou na final da Primeira Liga, na qual fez o gol do título do Fluminense contra o Atlético-PR. Todo dinheiro arrecadado será destinado para a família de Izo.

- O leilão terá duração de 15 dias e os lances serão realizados na minha página oficial do Instagram. Ao final da data estipulada, entrarei em contato com o vencedor através de uma direct message (DM) - explicou Marcos Junior pelo Instagram.

Marcos Junior aprovou o estádio Giulite Coutinho. Ele não escondeu sua felicidade em jogar perto da torcida tricolor.

- Muito bom! A gente não tem o Maracanã, mas Edson Passos deu uma adrenalina muito forte. Eram 10 mil, mas pareciam 50 mil. E a cada vez que eu escutava a torcida dava mais vontade de correr.

Geralmente quem bate os pênaltis no Fluminense é Cícero. Porém, neste domingo Marcos Junior pediu para bater. Ele disse que queria muito fazer o gol e por isso decidiu efetuar a cobrança.

- Eu estava com vontade de fazer gol. O pênalti... na hora que sofri o pênalti, pensei em cobrar e fazer o gol. Cícero me pediu para ter calma e fazer o gol - contou o jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos