Organizada invade treino do Cruzeiro e cobra jogadores por má fase

O mau desempenho do Cruzeiro no Brasileirão culminou em um incidente no primeiro treino após a derrota por 2 a 0 para o Fluminense. Na tarde desta segunda-feira, cerca de 40 integrantes de uma organizada invadiram a Toca da Raposa 2.

Após forçarem a portaria de vidro e entrarem sem autorização dos seguranças, os integrantes da facção disseram que queriam "conversar" com os jogadores. Segundo informações do "Estado de Minas", o goleiro Fábio, os zagueiros Bruno Rodrigo e Leo e o volante Henrique ouviram as queixas dos torcedores.

Segundo informações, não há registros de incidentes. Até o momento, a cúpula do Cruzeiro não se manifestou oficialmente sobre o episódio.

Além de ter voltado à zona de rebaixamento do Brasileirão, a equipe celeste viu Riascos disparar críticas depois do revés para o Fluminense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos