Sem alarde, Denis promete guardar defesas do Majestoso na memória

Denis se acostumou com as críticas da torcida do São Paulo ao longo desta temporada. Talvez por isso tente manter os pés no chão mesmo após ser decisivo no empate em 1 a 1 com o Corinthians, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, no último domingo. Foram duas defesas dificílimas do arqueiro tricolor, que promete guardá-las na memória.

No primeiro tempo, foi o volante Bruno Henrique quem arriscou de fora da área, buscando o contrapé do goleiro. O camisa 1 se recuperou rápido e se atirou no canto direito baixo para espalmar para escanteio. Depois, na etapa final, Denis mostrou elasticidade ao voar no canto esquerdo alto e espalmar cabeçada forte do atacante paraguaio Romero.

- A rasteira do primeiro tempo, em um campo molhado, a bola quica e corre. E também a do segundo tempo. São duas defesas que vou guardar sempre. Mas nós temos de melhorar muito. Todos jogadores sabem. Podemos render mais. Se jogarmos como neste clássico e com alguns reforços que vão chegar, temos grandes chances de encostar na parte de cima da tabela - projetou.

Após o empate que levou o Tricolor a 22 pontos, o técnico Edgardo Bauza também comentou a boa atuação do goleiro, que renovou contrato na semana passada até o fim da próxima temporada. Patón, é bom lembrar, nunca se deixou influenciar pelas críticas e pelas falhas de Denis e recusou a contratação de um novo goleiro no primeiro semestre.

- Denis evitou um gol em uma grande cabeçada. Hoje (domingo) ele pagou pelos erros que já cometeu. Eu vejo o futebol de outra maneira do que a torcida e garanto que ele é nosso goleiro titular - assegurou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos