Corinthians fica sem jogador indicado por Cristóvão e sofre para contratar

Apesar de não ter realizado investidas por jogadores que atuam fora do Brasil até o encerramento da janela de transferências internacionais, nesta terça-feira, o Corinthians segue se movimentando no mercado, mas com foco em atletas que estão no país. A busca, porém, não tem sido simples.

Um dos alvos para a lateral direita, por exemplo, já está descartado: Eduardo, do Atlético-PR, realizou exames médicos e está prestes a ser confirmado como reforço do Bahia - além de o clube nordestino ter se comprometido a pagar luvas ao jogador e pelo empréstimo, também colocará jogadores à disposição do Furacão, modalidade de negócio que afastou o interesse do Timão.

Eduardo havia sido um nome indicado pelo técnico Cristóvão Borges, que o comandou no Atlético-PR e se manifestou publicamente sobre o assunto no último fim de semana. Antes de Eduardo, o Timão já havia realizado uma oferta por Gilberto, da Fiorentina (ITA), e consultas por Sergio Otálvaro, do Santa Fe (COL). Nenhuma das duas rendeu frutos.

Já na busca por uma nova opção de ataque, a forte concorrência também deve dificultar o acerto com o atacante Gustavo, vice-artilheiro da Série B pelo Criciúma. O clube catarinense recebeu sondagens do Timão e diversos outros clubes, mas propostas oficiais vieram apenas de clubes da França e da Espanha, sendo a segunda por empréstimo.

O Criciúma tem 100% dos direitos econômicos do atacante e fechou sua pedida em R$ 12 milhões. O alto valor, mesmo se o Corinthians decidir adquirir só uma parte da porcentagem, esfriou o interesse. Novos jogadores serão procurados daqui em diante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos