Vivendo momento especial, Marta se apresenta à Seleção Feminina

Visando a conquista do inédito ouro olímpico, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino está concentrada em Itu, São Paulo, se preparando para a disputa da Olimpíada do Rio de Janeiro. Depois de se juntar as demais atletas na concentração, Marta concedeu entrevista coletiva e quer ajudar o restante do grupo com toda sua experiência.

- A experiência de ter participado algumas vezes e estar na Seleção há bastante tempo facilita no sentido de dar uma palavra para as meninas que irão disputar a primeira Olimpíada. Sei como é, a pressão vem de todos lados e sabemos disso. Vamos nos ajudando.

Com 30 anos, a camisa 10 do Brasil vai disputar a sua quarta Olimpíada e acredita que o elenco está preparado para apresentar um bom futebol diante do torcedor brasileiro, mesmo sabendo de toda pressão pela medalha de ouro.

- É um momento especial, estaremos na nossa casa e talvez o torcedor seja o nosso principal jogador. A ficha está começando a cair, estamos entrando no clima e o único assunto é a Olimpíada. Desde que se formou uma seleção e o apoio era menor, já existia cobrança. No Brasil, o segundo lugar é menos do que nada, senão teríamos uma situação melhor pelas duas pratas que conseguimos. Não podemos nos cobrar muito, das outras vezes nos cobramos muito e isso atrapalhou.

Agora só faltam chegar Bia Zaneratto e Thais Guedes, que atuam na Coreia do Sul. Antes da estreia contra a China, no dia 3 de agosto, no Rio de Janeiro, o Brasil irá enfrentar a Austrália, no dia 23, no Presidente Vargas, em Fortaleza.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos