Em treino 'fechado' pela neblina na Granja, Seleção ganha reforço

A Seleção olímpica fez um treinamento parcialmente fechado para a imprensa nesta quarta-feira, apesar de os portões da Granja Comary estarem abertos. Explica-se: devido a um forte nevoeiro, a visão dos campos foi impossibilitada durante mais da metade do trabalho desta tarde.

Tradicional em Teresópolis, cidade localizada na região serrana do Rio de Janeiro, a neblina não impediu que o técnico Rogério Micale comandasse uma atividade de alta intensidade, como já havia acontecido na parte da manhã. Ele fez um treino de ataque contra defesa, sem definir uma equipe titular. Para estimular os atletas a atacarem em diagonal e posicionar a defesa, ele utilizou marcações inusitadas, delimitadas por fitas colocadas no gramado.

Micale também ganhou um reforço. O lateral-esquerdo Douglas Santos fez seu primeiro treino com bola. Por ter defendido o Atlético-MG na noite de segunda-feira, ele vinha sendo preservado até então.

Já o meia Rafinha, do Barcelona, mais uma vez realizou aquecimento com os demais companheiros, mas depois seguiu para a academia. Ele se recupera de lesão muscular, que o tirou da Copa América Centenário.

A Seleção volta a treinar nesta quinta-feira, na parte da tarde, quando já deve receber o zagueiro Marquinhos, do Paris Saint-Germain (FRA).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos