Ramón Díaz se diz preparado para assumir a seleção argentina

Após a saída repentina do técnico Gerardo Martino da seleção argentina o que não faltam são candidatos ao cargo: Marcelo Bielsa, Jorge Sampaoli, Miguel Russo, Edgardo Bauza, Marcelo Gallardo... Nesta quarta-feira, quem apareceu como opção foi Ramón Díaz, ex-treinador de River Plate e Paraguai.

Em entrevista ao jornal "Olé", Ramón apresenta as credenciais para assumir a Albiceleste.

- Todos sonham. O mais importante é escolher alguém que já tenha trabalhado em uma seleção, que conheça o ambiente. É uma vantagem enorme. Dirigir uma equipe é bem diferente de uma seleção. Às vezes, é preciso resolver tudo em apenas dois dias. É claro que eu gostaria. Me falta uma Copa do Mundo como treinador - afirmou.

O técnico também aposta no retorno de Messi, que renunciou à seleção após a derrota para o Chile na final da Copa América Centenário, nos Estados Unidos.

- Voltará. É um ídolo de todos e representa todos os argentinos. Não pode ficar fora. Foi um pouco questionado, mas tem qualidade humana e futebolística para vestir a camisa do time e jogar na posição que ele bem entender - completou Ramon Díaz.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos