Empresa que detém direitos de Martin cobra quase R$ 1 mi do Vasco

Um dos nomes mais experientes do Vasco está envolvido em uma polêmica. A AT 2000 Sociedad Anónima, empresa detentora dos direitos de imagem do goleiro Martin Silva, ingressou na Justiça contra o clube cobrando atrasados que passam dos R$ 900 mil. A informação foi divulgada pela ESPN e confirmada pelo LANCE!.

O valor correto da cobrança é de R$941.996,97, oriundo destes atrasados. A AT 2000 tem este direito por ter assinado com o Vasco, em 6 de janeiro de 2014, um contrato de licenciamento de uso do nome, apelido desportivo, imagem de personalidade e direito autoral de Martin Silva. O montante tinha sido dividido em seis parcelas, mas somente uma foi paga.

A reportagem do LANCE! tentou ouvir o advogado Thiago Batista Corrêa, que representa a AT 2000 no caso, mas ele não foi encontrado. Vice-presidente jurídico do Vasco, Paulo Reis também não foi localizado para comentar o caso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos