Jornal diz que Bauza ganha força para comandar a seleção argentina

  • Nelson Almeida/AFP

Desde a demissão de Tata Martino, que se deu após a derrota na final da Copa América Centenário para o Chile, a seleção argentina está sem treinador. Nesta quinta-feira, o jornal argentino "Clarín" afirmou que Edgardo Bauza, do São Paulo, pode ser o substituto.

De acordo com a reportagem do diário, El Patón está bem conceituado por Armando Pérez, presidente do Belgrano e titular da Comissão Normalizadora que assumirá nesta quinta a Associação de Futebol Argentino (AFA). O comandante teria escalado posições nas últimas 24 horas, deixando para trás Marcelo Gallardo, do River Plate, outro postulante.

No São Paulo, Michel Bastos, titular da equipe de Bauza, afirmou que o treinador de 58 anos "vem trabalhando com a cabeça no clube paulista".

"Aqui dentro não ouvi nada, só na imprensa. Bauza vem trabalhando com a cabeça no São Paulo e no futuro aqui mesmo. Para mim é uma novidade. Vamos seguir trabalhando e espero que não saia, porque é um grande treinador. É importante para todos, espero que seja especulação", afirmou o jogador.

Além de falar sobre a situação de Bauza, a publicação cita também que Miguel Ángel Russo, ex-treinador do Boca Juniors, é o favorito para assumir o cargo. No entanto, o fato do ex-volante do Estudiantes de La Plata está inativo há dois anos pode pesar contra.

Crise no futebol dos nossos vizinhos

O futebol argentino enfrenta um momento de crise dentro e fora de campo. A seleção não conquista um título há 23 anos. Para piorar, o atacante Messi afirmou que não defenderá mais o time. Já a AFA encontra-se sem presidente e na mira da Fifa por conta de uma intervenção governamental no processo de eleições. O anúncio do novo técnico da seleção está previsto para ocorrer nesta semana.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos