Lazio e Rodrigo Caio se aproximam e São Paulo deve receber oferta

Os planos de São Paulo e Rodrigo Caio por uma transferência para a Europa nesta temporada estão caminhando firmes. Depois de ver o zagueiro recusar a primeira oferta, a Lazio (ITA) analisou a contraproposta feita pelo estafe do jogador e convocou um encontro para finalizar as tratativas. Depois, partirá para um acerto com a diretoria do Tricolor.

Duas pessoas procuraram o beque na semana passada alegando serem representantes da Lazio. Desconfiado, Rodrigo falou com o meia Felipe Anderson, que joga no clube italiano e também treina na Seleção Brasileira Olímpica na Granja Comary, em Teresópolis. O ex-santista confirmou que um dos profissionais presta serviços para o time de Roma.

Mais à vontade, o defensor avisou que não gostou da primeira oferta italiana e conversou com seus representantes para formular uma contraproposta, já enviada. O discurso é simples: se a Lazio aceitar a pedida de Rodrigo, o caminho estará livre para fechar com o São Paulo. E já há até uma estimativa de quanto o Tricolor pedirá pelo camisa 3.

No ano passado, a venda ao Valencia (ESP) que acabou fracassando foi concluída por 12,5 milhões de euros (cerca de R$ 44 milhões no câmbio da época). Agora, o clube paulista pode fechar a negociação por 12 milhões (aproximadamente R$ 43 milhões), dos quais R$ 34,6 milhões (80% dos direitos econômicos) ficariam nos cofres do Morumbi.

Aos 22 anos, Rodrigo Caio é o segundo jogador do elenco são-paulino com mais partidas pelo clube - 184, contra 196 do uruguaio Diego Lugano. Esta é a terceira janela de transferências em que o zagueiro fica em evidência e recebe propostas. Além da venda fracassada ao Valencia, a cria da base tricolor estava na mira do Monaco (FRA) em 2014, antes de lesionar o joelho esquerdo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos