Na mira da Argentina, Bauza define São Paulo para encarar o Grêmio

Depois de se reunir com dirigentes da AFA para discutir a possibilidade de assumir o comando da Argentina, o técnico Edgardo Bauza comandou na manhã deste sábado o último treinamento do São Paulo antes do confronto com o Grêmio, neste domingo, às 16 horas, na Arena Grêmio, válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O São Paulo informou que Bauza retornou ao Brasil nesta manhã e logo na sequência fez os últimos ajustes na equipe que enfrentará o rival gaúcho. Bauza saiu animado da reunião na Argentina, esperançoso de que pode ser chamado e depende apenas do convite para deixar o Tricolor e dirigir a seleção de seu país.

Assim como nos últimos dias de trabalho, Patón escalou o time com Denis, Bruno, Lugano, Maicon e Mena; Thiago Mendes, Wesley e Cueva; Centurión, Gilberto e Michel Bastos.

O atacante argentino Andrés Chavez, que será apresentado no início da próxima semana, foi submetido a exames médicos e não trabalhou com o restante do elenco. Ficaram em tratamento no Reffis: Lucas Fernandes, Breno, Wellington e Ytalo (cirurgias de ligamento cruzado), Caramelo (estiramento na coxa direita), Renan Ribeiro (lombalgia) e Auro (tendinite no joelho esquerdo).

Enquanto trabalhava em um dos campos do CT, o clube cedeu suas instalações para o Atlético-MG, que neste domingo enfrenta o Palmeiras, no Allianz Parque. O treino do clube de Belo Horizonte marcou o reencontro do coordenador técnico Carlinhos Neves e do lateral-esquerdo Fábio Santos com o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, funcionários e atletas.

Concentrado, o elenco do São Paulo viaja na tarde deste sábado para Porto Alegre e retorna para a capital logo após o confronto com o Grêmio. Pode ser a despedida de Bauza, já que a Argentina promete anunciar o novo técnico na semana que vem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos