Após escândalo de doping, UFC não vai multar Brock Lesnar e Jon Jones

Flagrados no exame antidoping para o UFC 200, os ex-campeões Brock Lesnar e Jon Jones não serão multados pela organização americana, conforme apurou o site "MMA Fighting" e deixarão essa decisão nas mãos da Comissão Atlética de Nevada.

Jon Jones não chegou nem a competir no UFC 200, já que foi retirado da luta principal da noite, válida pelo título dos meio-pesados, contra Daniel Cormier, a dois dias para o show. O atleta foi flagrado com dois bloqueadores de estrogênio nos testes realizados pela USADA (Agência Antidopagem Americana), tanto no período de competição, como em dia 16 de junho. Jones aguarda julgamento e está suspenso preventivamente.

Já Brock Lesnar, que derrotou Mark Hunt na decisão no UFC 200, também foi flagrado duas vezes pela USADA: a primeira, seis dias após sua luta, em coleta feita fora do período de competição, e a segunda, no dia 19, em exame feito no dia da luta. O gigante americano também foi flagrado com um bloqueador de estrogênio (Clomifeno), o mesmo usado por Jones, segundo matéria do "Los Angeles Times".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos