Alexandre Capitão defende cinturão do WSOF de olho em chance no UFC

Campeão dos penas do WSOF, Alexandre Capitão fará a sua primeira defesa de cinturão no próximo sábado (30), em Washington (EUA), quando bate de frente com o americano Lance Palmer, a quem o manauara derrotou para conquistar o título.

Conhecido por ter um jiu-jitsu afiado, Capitão teve que mudar de estratégia em cima da hora para sua última luta contra Lance Palmer, já que uma lesão na costela o impedia de tentar as quedas e desenvolver o jogo de solo que o consagrou. Na ocasião, o manauara levou a melhor na decisão unânime dos juízes, após cinco rounds de batalha, onde procurou dominar o centro do cage para sair com a vitória.

Para essa revanche, Capitão garantiu, em entrevista exclusiva ao LANCE!, que a estratégia será diferente da usada na luta anterior, que aconteceu em dezembro do ano passado.

- Estou preparado, treinei muito para essa luta e dessa vez eu estou 100%, sem nenhuma lesão. Vou fazer o que sempre procuro, que é manter a distância e tentar as quedas na hora certa para fazer o que eu sei melhor, que é usar o meu Jiu-Jitsu e ir em busca da finalização. Dessa vez vai ser diferente, pois sem a lesão na costela eu irei poder fazer o meu jogo - disse o brasileiro, emendando.

- Vocês vão ver o Alexandre Capitão finalizador e não um lutador que compete para vencer na decisão, é claro que posso surpreender com nocaute. Estarei preparado em todas as áreas e vocês verão um novo Capitão - declarou.

Uma suspeita de aneurisma cerebral, apontada pelos médicos da Comissão Atlética do Estado de Nevada retirou o manauara da quarta edição do reality show, TUF Brasil, mas Capitão garantiu que não possui qualquer problema de saúde e que o sonho em lutar no UFC segue vivo.

- Não tenho nada na cabeça, graças a Deus estou bem, seguindo uma carreira internacional, trilhando um caminho bom e é questão de tempo para eu carimbar o meu passaporte para o Ultimate. Depois dessa luta muita coisa pode acontecer, mas meu objetivo é estrear no UFC ainda nesse ano, por isso estou 100% focado nessa luta - encerrou.

Ex-campeão do Jungle Fight e atual campeão do WSOF, Alexandre Capitão construiu um cartel com 18 vitórias (13 por finalização) e apenas cinco derrotas no MMA.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos