Técnico do Santos lamenta inversão de mando contra o Flamengo

A princípio, o Santos seria o mandante do jogo contra o Flamengo, que será no dia 3, quarta-feira, às 21h45, mas uma dívida com uma empresa de eventos fez com que o Santos vendesse o mando. Desta forma, a partida será na Arena Pantanal em Cuiabá.

A preocupação do técnico do Peixe, Dorival Júnior, é a presença em massa da torcida adversária, invertendo o mando de campo.

- Vou evitar falar sobre essa saída. Lamento porque faremos 11 jogos for ano primeiro turno. Jogar contra o Flamengo fora de São Paulo é jogar fora do nosso raio de ação. Com a torcida totalmente contra. Tenho que preparar a equipe para isso.

- Quando cheguei, o presidente me disse que tínhamos a necessidade de estarmos fora da Vila em três jogos. Protelei pelo momento que a equipe vivia. Estávamos na zona de rebaixamento. O presidente entendeu. Acredito que aquele compromisso tenha ficado. Lamento pelo jogo e por ser um concorrente direto. Saindo do estado, o Santos terá 95% da torcida contra. Serão 11 jogos fora e oito nos domínios no primeiro turno. Desses oito, apenas seis na Vila Belmiro. É uma dificuldade grande. Está marcado, não cabe a mim ficar lamentando e criticando. Vou preparar a equipe. Claro que queria jogar aqui, em último caso, no Pacaembu, do contrário, será fora de casa. Vamos correr atrás do resultado - finalizou o comandante.

Até o início da 17ª rodada do Brasileirão, o Santos tem 30 pontos, e o Flamengo 27.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos