Beatriz visa conquista do ouro e conta com apoio da torcida no Brasil

Beatriz Zaneratto se prepara para defender a Seleção Brasileira feminina de futebol nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A jovem atacante de 22 anos, em entrevista ao site da CBF, falou sobre a expectativa e das diferentes sensações de vestir a camisa amarelinha na busca pela inédita medalha de ouro.

- É um pouco de frio na barriga, uma ansiedade que aumenta... Parece que aquele sonho começa a se tornar mais real de fato, porque você se vê ali entre as 18. Então foi muito gostosa a sensação. Acho que é um momento único para mim e para a minha carreira. Estar entre as 18 é muito legal. Estou muito feliz - destaca.

Ainda, Beatriz ressalta o apoio da torcida e ressalta a importância de contar com o 'calor' do público espalhado por todo o Brasil durante os jogos da Seleção.

- Acredito que o futebol, por estar passando por várias cidades, vai ser bem bacana. No Rio que vão ter os Jogos, mas como vamos para Manaus, acredito que vai ter uma galera bacana demais lá que deve lotar o estádio, e vai nos acolher bastante. E acho que isso é fundamental para o futebol feminino ter seu apoio máximo, para que dentro de campo a gente possa dar o nosso melhor - afirmou a atacante, falando também sobre a aposta do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, de mesclar uma base jovem com atletas experientes:

- É a mistura da juventude com as experientes: as mais novas naquela correria mais louca, e as experientes sabendo, organizando, falando. E todo o futebol que elas têm que é impressionante, toda a trajetória delas. Eu fico feliz de poder estar do lado delas, de poder jogar junto com elas. Tenho certeza que agora é uma geração nova com as experientes, e essa mistura acho que vai ser o essencial para a gente conseguir essa medalha de ouro - declarou.

Diante da oportunidade, Beatriz garante que as meninas do Brasil darão o máximo para conquistar a tão sonhada medalha de ouro.

- Acredito que todas estão com o mesmo objetivo, sabendo da importância de que é essa medalha olímpica. E a gente fala muito em apostar nessa medalha para algo melhor para o futebol feminino, e a gente tem que tentar alcançar isso, para gente então ter com o que brigar. Fazer a nossa parte - finalizou.

A estreia do Brasil na Rio 2016 será no dia 3 de agosto contra a China, às 16h, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Na sequência, a Seleção enfrenta a a Suécia, no dia 6, às 22h, no mesmo local. A última partida da fase de grupos será contra a África do Sul, no dia 9, na Arena da Amazônia, em Manaus (AM).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos