Flu está preparado para 'matinê' contra a Ponte e Levir vê lado positivo

O Fluminense terá que enfrentar uma condição diferente na partida contra a Ponte Preta, no domingo, às 11h, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita.

Pela primeira vez neste ano, o Tricolor jogará uma partida que começa pela manhã. Para se acostumar com o horário, o Flu tomou medidas na preparação para o jogo da 17ª rodada do Brasileiro.

Uma delas foi a mudança nos horários dos treinos de ontem e de hoje, que passaram para às 11h, mesmo horário da partida. O técnico Levir Culpi não gosta muito de ver seus times atuando às 11, levando em conta o lado esportivo.

- Eu acho que é melhor para o torcedor do que para os jogadores. Se imaginar uma temperatura alta com o jogo começando às 11 da manhã, é desgastante. Não é um horário muito comum - opinou.

De acordo com a previsão do tempo para domingo, o Flu pelo menos não vai encarar uma temperatura tão alta. O dia promete ser de sol, com algumas nuvens, com a máxima podendo chegar a 26º e a umidade do ar em 86%.

No entanto, Levir vê o lado positivo do horário. Segundo ele, o torcedor gosta de ir nos jogos pela manhã e isso será bom para o time.

- As experiências que eu vi em jogos nesse horário foram boas em termo de publicidade e principalmente em participação do torcedor. E no nosso caso, estamos precisando muito da torcida. Então é uma ótima oportunidade para lotar o estádio e esperamos retribuir em campo - disse o técnico.

E pela alta procura dos torcedores tricolores pelos ingressos para o jogo contra o time paulista, parece que as expectativas do treinador vão se confirmar. Até ontem, o setor C do estádio já tinha sido esgotado e quase cinco mil bilhetes já tinham sido vendidos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos