Maradona faz piada sobre eleição de técnico da seleção da Argentina

A Argentina vive um drama para encontrar o substituto de Tata Martino no comando da seleção nacional. Desde a demissão do antigo treinador, no dia 5 de julho, a Associação de Futebol Argentino (AFA) chegou a procurar nove nomes no mercado.

O maior ídolo argentino, porém, não perdoou o processo que está sendo feito por Armando Pérez, presidente da Comissão Normalizadora da Fifa na entidade.

- Essa eleição para técnico da seleção é um filme de Olmedo e Porcel. Quando encontrar o mandachuva (Gianni Infantino, presidente da Fifa) direi que elegeu o Chaves para assumir a AFA - disse à rádio argentina La Rede, se referindo a uma dupla de comédia do cinema argentino e também ao programa mexicano.

Os nomes especulados foram Ramón Díaz, Miguel Angel Russo, Carlos Bianchi e Marcelo Bielsa, que estão sem clube, Diego Simeone, do Atlético de Madrid, Jorge Sampaoli, do Sevilla, Eduardo Berizzo, do Celta de Vigo, Mauricio Pochettino, do Tottenham, e Edgardo Bauza, do São Paulo.

Maradona até disse qual deles era seu preferido, mas também elogiou o técnico são-paulino.

- Para mim, Bielsa é o melhor. Quando eu o chamei para o Boca não deu certo. Odiava a Macri, me disse que com o presidente não tomaria nem um café. Gosto do Bauza porque quer falar de futebol.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos