Seleção olímpica joga bem, domina Japão e vence amistoso em Goiânia

Se a primeira impressão é a que fica, o torcedor brasileiro ganhou neste sábado bons motivos para acreditar que, finalmente, a Seleção conquistará o inédito ouro olímpico no Rio de Janeiro. Com futebol vistoso, o Brasil dominou o Japão em amistoso no Serra Dourada, em Goiânia, e venceu por 2 a 0. Poderia ter sido muito mais.

Além dos gols de Gabigol e Marquinhos, a Seleção mandou duas bolas na trave, com Neymar e Thiago Maia, teve um pênalti claro não marcado e perdeu chances quase dentro da pequena área.

Contra um adversário fechado, o Brasil trocou passes e conseguiu envolver os asiáticos. Em alguns momentos, o time canarinho chegou a ter quase 80% de posse.

Este foi só um dos aspectos que o técnico Rogério Micale pediu e treinou que a Seleção conseguiu colocar em prática. Também foi possível notar a linha defensiva jogando avançada, os atacantes trocando de posição, a marcação por pressão no campo de ataque...

Apesar de satisfeito, o treinador também sai de Goiânia e vai para Brasília, onde encara a África do Sul, quinta-feira, já pela Olimpíada, com um "problema". Felipe Anderson jogou muito bem nos 45 minutos que esteve em campo e mostrou que não cederá facilmente o lugar a Renato Augusto, que começou o amistoso na reserva.

É claro que um jogo com uma dezena de substituições e em que a torcida faz ola com 10 minutos do primeiro tempo não pode ser conclusivo. Esta equipe de jovens precisa ser testada em situações de maior pressão e contra adversários mais fortes... mas os rivais olímpicos serão tão melhores que o Japão? Saberemos a partir da próxima semana.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2 X 0 JAPÃO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data/horário: 30 de julho de 2016, sábado, às 16h30

Árbitro: Wilson Lamoroux (Fifa-COL)

Assistentes: Humberto Prieto e John Alexander Sánchez (COL)

Público pagante/Renda: 32.517 pessoas/ R$ 1.508.070

Cartões amarelos: Oshima (JAP)

Gols: Gabriel 32'1ºT (1-0); Marquinhos 40'1ºT (2-0)

BRASIL: Uilson, Zeca (William 18'2ºT), Marquinhos, Rodrigo Caio (Luan Garcia 24'2ºT) e Douglas Santos; Thiago Maia (Rodrigo Dourado 24'2ºT), Rafinha (Renato Augusto 1'2ºT) e Felipe Anderson (Luan 1'2ºT); Gabigol (Walace 17'2ºT), G. Jesus e Neymar. Técnico: Rogério Micale

JAPÃO: Nakamura (Kushibiki 1'2ºT), Muroya, Shiotani (Iwanami 28'2ºT), Ueda e Fujiharu (Kamekawa 13'2ºT); Endo (Tomiyaso 32'2ºT), Harakawa (Oshima 1'2ºT), Yajima (Asano 1'2ºT), Nakajima (Ogawa 31'2ºT) e Minamino; Koroki (Ideguchi 22'2ºT). Técnico: Makoto Teguramori

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos