Botafogo se impõe, vence o Palmeiras, sai da zona e tira o rival da liderança

Uma partida importante para o mandante, para o visitante e para o Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo, o Botafogo se impôs e venceu o time que, até o início da rodada era o líder da competição. A Arena da Ilha acompanhou um 3 a 1 que fez o Palmeiras cair para terceiro na competição. O Glorioso chegou a 20 pontos e saiu da zona de rebaixamento.

No primeiro minuto de jogo, Camilo achou Canales na área e o chileno limpou Thiago Santos. O chute, porém, não teve a direção certa. Aos 12, Diogo Barbosa avançou pela lateral, cortou Róger Guedes e chutou de direita. A bola foi por cima do gol.

Até que a pressão surtiu efeito. Aos 20 minutos, Róger Guedes forçou na saída de bola, o Botafogo roubou na intermediária e Neilton foi lançado sozinho. O atacante chutou por baixo do goleiro Vagner e abriu o placar.

Aos 26, o time visitante já tentava trabalhar mais a bola. Mas foi na segunda tentativa seguida de um cruzamento que Zé Roberto achou Thiago Santos. O volante fez o gol, mas o impedimento já estava marcado. Até que Neilton fez mais um. Arrancou pela esquerda, limpou dois adversários e deslocou o goleiro. Golaço, aos 34 minutos.

Na reta final da primeira etapa, o Palmeiras tentou pressionar. Aos 39 minutos, Leandro Pereira sairia sozinho, na entrada da área. Rodrigo Lindoso evitou. Nos minutos finais, os três atacantes alviverdes travaram um duelo com o goleiro do Botafogo. Sidão defendeu todas essas finalizações.

Para tentar mudar o panorama terrível do primeiro tempo, o time paulista voltou do intervalo com duas alterações. E pressionou logo no início. Erik precisou ser desarmado dentro da área, aos dois minutos e, aos quatro, Zé Roberto cruzou e o mesmo atacante mandou no travessão.

O Glorioso foi aparecendo aos poucos, com chutes de Rodrigo Lindoso e Luis Ricardo. Mas o Palmeiras se impôs e, com muita pressão, conseguiu o gol aos 32. Moisés chutou de fora da área, Sidão espalmou e Erik aproveitou o rebote. Mas foi pouco. No fim do jogo, Vagner derrubou Vinícius Tanque na área e Camilo converteu o pênalti, aos 42 minutos.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 X 1 PALMEIRAS

Local: Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ)

Data/horário: 31 de julho de 2016, às 16h

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC-FIfa)

Auxiliares: Carlos Lúcio Gil (SC-Fifa) e Carlos Brekenbrock (SC)

Público/renda:

Cartões amarelos: Diogo, Bruno Silva, Airton e Canales (BOT) e Jean, Vitor Hugo e Edu Dracena (PAL)

Gols: Neilton aos 18'/1ºT e 34'/1ºT; Erik 32'/2ºT; Camilo 41'/2ºT

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense, 16'/2ºT) e Camilo (Salgueiro, 47'/2ºT), Neilton e Canales (Vinícius Tanque, 27'/2ºT) - Técnico: Ricardo Gomes.

PALMEIRAS: Vagner, Jean, Edu Dracena (Thiago Martins, 5'/2ºT), Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Moisés e Cleiton Xavier (Rafael Marques, Intervalo); Róger Guedes (Dudu, Intervalo), Erik e Leandro Pereira - Técnico: Cuquinha.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos