Ribéry é criticado após disparar contra ex-treinador

Após disparar criticas a Pep Guardiola, Franck Ribéry foi repreendido pelo presidente do Bayern de Munique. Karl-Heinz Rummenigge, mandatário do clube alemão, se mostrou incomodado com a atitude do francês de revelar publicamente que seu relacionamento com Guardiola havia sido abalado nos últimos anos que passaram juntos na equipe bávara.

- Acho que não há motivo para querer atacar Guardiola após sua saída. Ganhamos muito com ele e tiramos muito proveito dele. Querer se vingar a posteriori é inútil - disse Rummenigge à emissora pública alemã BR.

E não parou por ai. Ribéry também teve que ouvir de Carlo Ancelotti, seu atual treinador. As críticas do técnico foram motivadas pelo descontrole do francês na vitória por 4 a 1 do Bayern em um amistoso diante da Inter de Milão. No jogo realizado neste último sábado na cidade de Charlotte, nos Estados Unidos, Ribéry se exaltou de forma excessiva em um lance com o volante brasileiro Felipe Melo.

- Não gosto de jogadores que se comportam desta maneira. Falei que seria melhor para ele se parasse com isso. Eu o escolhi como capitão da equipe hoje. Isso não é aceitável - declarou o italiano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos