Ruim para os dois: América-MG e Grêmio empatam em Belo Horizonte

O América-MG bem que tentou, teve momentos de bom futebol na Arena Independência diante de um Grêmio que luta pelo título, mas não foi neste domingo que voltou a vencer pela competição. O Coelho ficou no 0 a 0 com o Tricolor, que, favorito, não justificou tal condição e termina a 17ª rodada do Campeonato Brasileiro fechando o G4, após ser superado pelo Santos. Clique aqui e confira como foi o lance a lance da partida em Belo Horizonte.

O Coelho findou sua sequência de sete derrotas seguidas no Brasileirão, foi aos nove pontos e segue isolado na 20ª e última colocação. O Cruzeiro, 19º, tem 15. Já o Grêmio, agora com 31, viu o Santos, com 32, assumir a terceira colocação.

PRÓXIMOS JOGOS

O América voltará a atuar pelo Brasileirão na próxima quarta, quando visitará o Sport, na Ilha do Retiro, às 19h30. Já o Grêmio, no dia seguinte, receberá o Santa Cruz, na Arena, também a partir das 19h30.

NADA DE GOLS EM PRIMEIRO TEMPO

O América tomou a iniciativa, tentando propor o jogo nos primeiros minutos. Matheusinho, destaque em treinos com a Seleção Brasileira Olímpica, chamou para si a responsabilidade na tentativa de desequilibrar e transpor a eficaz marcação tricolor. Já o Grêmio iniciou o jogo armado para contra-ataques, aguardando pelo erro do Coelho na Arena Independência e, com isso, não adotando o seu característico estilo de jogo de ficar com a bola e tentar envolver o adversário.

Mais objetivo, o Coelho chegou ao seu melhor lance aos 35 minutos. Cobrança de falta, cabeçada de Michael e ótima intervenção de Marcelo Grohe. Já nos minutos finais da primeira etapa, o Grêmio conseguiu ficar mais com a bola, tentando envolver um bem postado América. Miller Bolaños, aos 43, teve boa chance, mas finalizou à esquerda de João Ricardo. A resposta americana veio com Pablo, obrigando Grohe a nova defesa.

EXPLUSÃO, PRESSÃO AMERICANA E... ZERO A ZERO!

O Grêmio mostrou mais movimentação na segunda etapa, principalmente com o ingresso de Guilherme no time. Foi graças a tal movimentação que o Tricolor teve ótima chance de abrir o placar. Miller Bolaños recebeu de Douglas e acertou a trave. O América respondeu pouco depois, após duas investidas em sequência. Faltava precisão para os comandados de Enderson Moreira.

O jogo estava equilibrado até os 29 minutos, quando Edílson foi expulso com justiça após exagerar em uma tentativa de tirar a bola de Osman. Em vantagem numérica, o Coelho passou a pressionar o Grêmio. Grêmio que voltou a apostar em contra-ataques. O América foi valente, tentou superar suas evidentes limitações, mas completou seu oitavo jogo sem vitória e segue em situação delicadíssima. O Grêmio, por sua vez, sentiu a ausência de Luan, Everton e Walace e viu a concorrência pelo título aumentar.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 0 X 0 GRÊMIO

Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)

Data-hora: 31/7/2016 - 18h30

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

Público/Renda: Não divulgados.

Cartões amarelos: Jonas e Osman (AME); Maicon e Marcelo Oliveira (GRE)

Cartões vermelhos: Edílson (GRE), 29'/2ºT

Gols: Não houve.

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Jonas, Alison, Sueliton e Gilson; Leandro Guerreiro (Claudinei, 25'/2ºT), Juninho, Pablo, Matheusinho (Loboa, 30'/2ºT) e Osman; Michael (Victor Rangel, 41'/2ºT) - Técnico: Enderson Moreira.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Jaílson, Maicon, Negueba, Douglas (Ramiro, 31'/2ºT) e Pedro Rocha (Guilherme, 13'/2ºT); Miller Bolaños (Henrique Almeida, 28'/2ºT) - Técnico: Roger Machado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos