Ex-TUF Brasil pega suspensão de dois anos após flagrante no doping

O brasileiro Ricardo Demente recebeu uma suspensão de dois anos da USADA (Agência Antidopagem Americano), após por ter sido flagrado em um exame antidoping surpresa realizado em junho.

Demente teve encontrado no seu organismo duas substâncias anabolizantes: norandrosterona e noretiocolanolona. Assim, o brasileiro terá de ficar afastado do octógono até o dia 1º de julho de 2018. O paulista de 32 anos é ex-participante do TUF 3 e construiu um cartel com cinco vitórias e uma derrota.

Até o momento, quatro lutadores foram suspensos por dois anos pela USADA após falhas em testes antidoping. Além de Demente, Chad Mendes, Gleison Tibau e Mirko Cro Cop pegaram o gancho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos