Corinthians conta com Fagner contra Atlético-PR mesmo em caso de punição

O lateral-direito Fagner será julgado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) na quarta-feira, mesmo dia do jogo do Corinthians contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. A sessão ocorrerá a partir das 18h, enquanto a partida tem início às 21h45. O jogador foi confirmado pelo técnico Cristóvão Borges para o duelo em Curitiba.

Fagner foi denunciado por conta da entrada em Ederson, do Flamengo, na partida do dia 3 de julho. Ele foi incurso no artigo 254 (praticar jogada violenta) do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) e pode pegar de um a seis jogos de suspensão. O treinador do Corinthians "estranhou" a decisão do STJD.

"Para nós foi estranho essa queixa tardia. Vai participar do jogo (contra o Atlético-PR). No jogo de quarta ele vai participar. Independente do resultado, a punição seria só no dia seguinte", afirmou Cristóvão Borges, após a vitória sobre o Internacional.

Além de Fagner, o árbitro Héber Roberto Lopes foi denunciado pelo STJD. Ele foi incurso nos artigos 259 (deixar de observar as regras da modalidade) e 266 (deixar de relatar as ocorrências disciplinares da partida, prova ou equivalente, ou fazê-lo de modo a impossibilitar ou dificultar punição de infratores, deturpar os fatos ocorridos ou fazer constar fato que não tenha presenciado).

Pelo artigo 259, o árbitro pode ser suspenso de 15 a 120 dias. Pelo artigo 266, a punição pode ser de 30 a 360 dias, cumulada ou não com multa, de R$ 100 a R$ 1.000.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos