Campeão pelo Palmeiras em 93 leiloa acervo para dar novo sorriso a idosa

Zagueiro do Palmeiras entre 1990 e 1994, Alexandre Rosa está leiloando peças adquiridas ao longo de sua carreira, como a medalha do título paulista de 1993, que encerrou os 16 anos de fila do Verdão. O motivo é tão inesperado quanto nobre: o ex-jogador quer ajudar uma senhora de sua cidade, Cerquilho (a 143 km de São Paulo), a conseguir uma prótese dentária. A lembrança de sua mãe o motivou.

"É uma senhora de 70 e poucos anos que está com dificuldades de alimentação, não tem dentes e isso me mobilizou a tomar a iniciativa de colocar estas pequenas coisas em leilão para arrecadar o dinheiro. Seria uma realização pessoal ajudá-la já com idade avançada e realizar este desejo dela. É uma pessoa que eu tenho consideração e que me lembra minha mãe, que estaria mais ou menos com a idade dela hoje e que eu não gostaria de ver passando necessidade", conta Alexandre, órfão de sua mãe desde os 13 anos, em entrevista para o "Lance".

De acordo com o ex-jogador de 45 anos, o tratamento custa entre R$ 7 mil e R$ 8 mil e sua intenção com o leilão é arrecadar boa parte desta quantia. Os lances são feitos pelo site "Ídolos Eternos" e as peças à venda são: uma camisa do Bragantino usada por Biro Biro em 1991, uma camisa de Dener usada na Portuguesa em 1992, a camisa do corintiano Paulo Sérgio usada na final do Paulista de 1993, uma camisa do Santos de 1993, outra do Guarani de 1992 e a medalha do título paulista de 1993.

No ano passado, Rosa já tinha vendido a camisa que usou na decisão contra o Corinthians a um torcedor. A primeira ideia que se tem quando um ex-jogador começa a desfazer seu acervo é de que ele está com problemas financeiros, mas Alexandre diz que este não é o caso.

"Não, hoje eu tenho um restaurante aqui na minha cidade, estou longe do esporte, até quero voltar, mas não tenho preocupação com isso (dinheiro). Não é uma necessidade pessoal, é uma iniciativa para ajudar esta pessoa", reforçou.

Até agora, os lances pelas camisas estão entre R$ 300 e R$ 500, exceto a de Dener, que a atual oferta é de R$ 1501. A medalha é o item mais caro: R$ 5600. O leilão das seis peças vai até o dia 26 de agosto, data do aniversário do Verdão. Além de arrecadar a quantia para a prótese dentária, 5% do valor total será destinado pelo site "Ídolos Eternos" ao Craque do Amanhã, projeto que aposta no futebol para formar jovens da rede pública de ensino ou moradores de comunidades de baixa renda no Rio de Janeiro.

"Eu conheci esta pessoa pela minha esposa, temos contato semanal e para mim estas peças estão guardadas, são troféus que eu de certa forma não vou fazer nada e quando chegar a minha hora não vou levar comigo. Já tenho um histórico na imprensa, registro no clube, tenho tudo guardado, por isso quis fazer esta ação para ajudar", encerrou o autor de sete gols em 72 jogos pelo Verdão. No clube, Alexandre Rosa ganhou os Paulista de 1993 e 1994, além do Campeonato Brasileiro de 1993.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos