Projeções estimam que Brasil levará ao menos 20 ouros na Olimpíada

Os Jogos Olímpicos do Rio estão prestes a começar. Atletas e comissões técnicas dos quatro cantos do mundo já estão no Brasil e, aos poucos, os palpites sobre como serão distribuídas as quase mil medalhas durante as três semanas do evento começam a ser feitas. Na edição passada dos Jogos, em Londres-2012, o Brasil conquistou 17 medalhas, sendo três de ouro, cinco de prata e nove de bronze. No quadro geral, o país ficou na modesta 22° posição.

Para a Olimpíada em casa, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) estipulou como meta ficar entre os dez primeiros colocados. Para isto, investiu alto no esporte nacional - algo na casa dos R$ 2 bilhões durante os últimos quatro anos - e espera que o Time Brasil suba ao pódio entre 24 e 30 oportunidades.

De acordo com a Infostrada Sports, empresa com sede na Holanda responsável pela análise de estatísticas no mundo esportivo, a meta do COB será alcançada. Os europeus divulgam um estudo, atualizado a cada 30 dias, e preveem a conquista de oito medalhas de ouro, nove de prata e três de bronze. Ao todo, os atletas brasileiros levariam para casa 20 medalhas e ficariam com a 10° posição geral.

Mais otimista ainda é a agência internacional de notícias Associated Press. Segundo a projeção, o fato do Brasil estar competindo em casa será de extrema importância para a presença nos pódios. A agência coloca a delegação verde e amarela entre a 7° e 10° posições no quadro geral, sendo 29 medalhas: 11 ouros, sete pratas e 11 bronzes.

Na contramão das análises citadas acima, o banco Goldman Sachs publicou esta semana um estudo mais pessimista. Para os economistas da instituição, o time da casa não conseguiria alcançar a meta estipulada pelo COB, em 2010, e ficaria apenas no 16° lugar. O banco leva em conta uma série de indicativos, como o PIB (Produto Interno Bruto) de cada país e os últimos resultados dos atletas em competições internacionais. Ao todo, o Brasil conquistaria 22 medalhas ao todo, mas com apenas cinco ouros.

Por fim, a tradicional revista norte-americana Sport Illustrated também acredita que os brasileiros ficarão perto do TOP 10, mas não chegará ao seu objetivo. Os jornalistas especializados da publicação veem o Time Brasil com seis ouros, quatro pratas e dez bronzes, totalizando, desta forma, 20 medalhas na Cidade Maravilhosa.

Apesar das diferenças, todas as previsões veem o Brasil com um desempenho melhor que o conquistado na última Olimpíada. Fora os investimentos e as melhorias conquistadas no esporte nacional, a torcida verde e amarela pesará, e muito, na conquista de mais medalhas. E claro, como não poderia ser diferente, as quatro análises preveem os Estados Unidos como o grande vencedor dos Jogos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos