Iraque e Dinamarca abrem futebol masculino das Olimpíadas

Dinamarca e Iraque fazem, nesta quinta (4), no Mané Garrincha, em Brasília, a primeira partida do futebol masculino nos Jogos Olímpicos Rio 2016. E a Seleção Brasileira tem motivos para ficar de olho, já que ambas equipes encontram-se no Grupo A, o mesmo do Brasil.

Para a Dinamarca, a partida marca um retorno ao torneio olímpico de futebol depois de 24 anos. O time comandado pelo técnico Niels Frederiksen busca repetir a glória dos primórdios do futebol olímpico, quando a seleção dinamarquesa conquistou três medalhas de prata e aplicou uma goleada que é recorde dos jogos até hoje: 17 x 1 sobre a França, nos Jogos de 1908. No entanto, a equipe está bem longe de fazer jus ao já antigo apelido de "Dinamáquina". Mesmo podendo convocar até três jogadores com mais de 23 anos, a lista não tem os grandes nomes do futebol dinamarquês na atualidade, como o goleiro Kasper Schmeichel ou os atacantes Christian Eriksen e Nicklas Bendtner.

E o jogo de estreia promete ser duro. Afinal, o Iraque nunca perdeu na primeira partida de um torneio olímpico. Em quatro participações, duas vitórias e dois empates nos jogos iniciais. Mas a ambição não é somente manter o tabu intacto. A conquista da vaga nas Olimpíadas veio no pré-olímpico asiático, após uma vitória histórica, na prorrogação sobre a seleção do Catar, que sediava o torneio. Feito que dá a noção do tamanho da vontade que o grupo iraquiano tem de repetir os passos do time que ficou com o quarto lugar 12 anos atrás.

- Chegar às Olimpíadas já é uma conquista para nós. Sei que ninguém espera que ganhemos uma medalha, mas queremos seguir os passos do time que chegou às semifinais em Atenas - diz o atacante Abdulraheem.

FICHA TÉCNICA:

Dinamarca x Iraque

Local: Mané Garrincha, Brasília (DF)

Data/horário: 4 de agosto às 13h

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos