Ficamos cabisbaixos quando tomamos gol, diz zagueiro do Cruzeiro

Do LancePress!

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Manoel acredita que fator psicológico tem atrapalhado o Cruzeiro

    Manoel acredita que fator psicológico tem atrapalhado o Cruzeiro

Quando um time está numa situação delicada como o Cruzeiro, que é o vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, com 15 pontos, não faltam explicações. Com o clube mineiro, não está sendo diferente.

Desta vez foi o zagueiro Manoel a encontrar um culpado pelo mau momento celeste: a autoestima. O camisa 27 destacou que, quando o time sai atrás no placar, "sente" o gol e encontra dificuldades para mudar o resultado.

Ele também aproveitou para convocar a torcida para comparecer ao Independência, nesta quinta-feira (4), diante do Internacional.

"É difícil explicar. A gente vem jogando bem. Domingo fizemos uma boa partida, mas o resultado não veio. Acho que estamos tomando gol e ficando cabisbaixo. Isso não pode acontecer. E dentro de casa é contar com o apoio do torcedor para brigar pela vitória. Não estamos conseguindo bons resultados em casa, então esperamos o apoio do torcedor num estádio pequeno", destacou.

 

.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos