Phelps vai ser o porta-bandeira dos Estados Unidos na abertura

O Comitê Olímpico dos Estados Unidos divulgou, na manhã desta quarta-feira (3), a informação de que o nadador Michael Phelps carregará a bandeira americana na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Maior medalhista da história dos jogos, com 22 medalhas, sendo 18 de ouro, Phelps foi escolhido através de uma votação entre os capitães americanos de cada esporte com representação nestas Olimpíadas.

- Sinto-me honrado por ter sido escolhido, orgulhoso por representar os Estados Unidos e sinto respeito pelo significado de carregar a bandeira e tudo o que isso representa - disse o nadador de 31 anos.

Phelps será o segundo nadador a carregar a bandeira norte-americana em uma cerimônia de abertura olímpica. Ele se junta a Gary Hall, porta-bandeira em 1976. Os Jogos do Rio são a quinta Olimpíada de Michael Phelps e devem marcar sua despedida dos jogos.

- Em Sydney, eu só queria fazer parte do time. Em Atenas, eu queria conquistar o ouro para o meu país. Em Pequim, eu queria fazer algo que ninguém tivesse feito antes. Em Londres, eu queria fazer história. E agora eu quero caminhar na cerimônia de abertura, representar a América da melhor forma possível e deixar minha família orgulhosa. Desta vez, é algo para muito além das medalhas - declarou o maior vencedor da história olímpica.

Michael Phelps veio ao Rio para disputar três provas individuais: os 100 e 200m medley e os 100m livre. Mas pode ser escalado para outras três provas de revezamento: os 4x100 e 4x200m livre e os 4x100m medley.

As provas de natação acontecem entre os dias 6 e 16 de agosto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos