Spider polemiza ao dizer que talvez não valha a pena ser um vencedor

Ex-campeão dos médios do UFC, Anderson Silva não vence uma luta desde 2012, quando nocauteou Stephan Bonnar. O paulista acumula duas derrotas por nocaute, uma luta sem resultado (após flagra no doping) e dois reveses na decisão, o último diante do campeão dos meio-pesados, Daniel Cormier.

Aos 41 anos, Spider não tem mais nada para provar dentro do MMA e foi o único atleta a defender o cinturão em dez oportunidades. Na última terça-feira (2), o lutador postou uma mensagem através de suas redes sociais, onde relativiza a questão de ser um vencedor.

- Vale a pena ser um vencedor? Talvez sim, talvez não. Obviamente tudo tem um prazo de validade. A melhoria exige auto-consciência para saber quando acelerar seus esforços e quando simplesmente estacioná-los. Mas aqui na Muay Thay College nós treinamos até que seja impossível dar errado. E nunca estacionamos, pois a vida é como água, se ficar parada apodrece - escreveu Anderson.

Após aceitar lutar contra Daniel Cormier a dois dias do UFC 200 e ser derrotado, Anderson Silva ainda não sabe quando retorna ao octógono e ainda não se ventilou o nome de um possível adversário para o veterano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos