Zimbábue ganha a torcida em Itaquera, mas leva 6 a 1 da Alemanha

O jogo entre Alemanha e Zimbábue pela primeira rodada do futebol feminino colocou em confronto uma das favoritas à medalha de ouro contra uma seleção novata, que fez história, mas entrou com pouca expectativa nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O resultado foi o esperado - amplo domínio e goleada da Alemanha, por 6 a 1. Só que o destaque foi a festa feita pela torcida para as jogadoras africanas na Arena Corinthians.

Defendendo o "lado mais fraco", o público em Itaquera vaiava sempre que possível as alemãs e vibrava com um simples desarme das africanas perto da lateral. Era possível ouvir músicas de quando o Corinthians joga na arena, como: "Vamos, vamos Zimbábue! Neste jogo, teremos que ganhar", ou "Eu Acredito" no segundo tempo. Até "Zim-bá-bue, ôba, ôba!" alguns chegaram a puxar na missão quase impossível de surpreender as favoritas.

A Alemanha foi marcar seu primeiro aos 22 minutos, com Sara Daebritz, em escanteio. Um pouco depois, Popp, em outra bola aérea, fez o segundo e parecia se desenhar uma goleada logo na primeira etapa. Mas não foi o que aconteceu, para a alegria dos torcedores na Arena.

Kudakwashe Basopo, em rebote da goleira alemã, marcou para Zimbábue no início do segundo tempo e fez o estádio comemorar muito. Mas o sonho durou pouco. Behringer, em cobrança de falta, fez o terceiro gol e depois ainda marcou o quarto: ela primeiro cobrou pênalti, que a goleira Magwede pegou. No rebote, a camisa 7 alemã chutou de novo e a arqueira desta vez errou feio.

Leupolz, com extrema facilidade, fez o quinto e Chibanda, contra, fechou o placar. Resultado justo diante de tamanha superioridade: as vencedoras finalizaram no jogo 34 vezes (!), contra apenas duas da equipe africana.

O resultado colocou a Alemanha na liderança do Grupo F, que mais cedo teve a vitória do Canadá sobre a Austrália, por 2 a 0. Zimbábue é o lanterna, mas já está fazendo história, por ser a primeira vez que o país se classifica para um esporte coletivo na Olimpíada. O outro time que Zimbábue teve nos Jogos foi em 1980, no hóquei na grama, e convidado em cima da hora depois de várias desistências. De forma surpreendente, foi medalha de ouro na ocasião.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos