Botafogo quer vencer a Ponte Preta por dias de paz

  • Vitor Silva/SSPress/Botafogo

O Botafogo entra em campo hoje, contra a Ponte Preta, pensando na rodada presente e na deste fim de semana. Como o jogo contra o Grêmio foi adiado para o mês que vem, o próximo é só no dia 14 de agosto. Se vencer a Macaca, o Glorioso chegará a 23 pontos e se posicionará de maneira segura. Porém, em caso de derrota ou até de empate, a chance de a equipe acordar na terça-feira (após os jogos da próxima segunda), na zona de rebaixamento, é grande. Para evitar que isso aconteça é que o time carioca entra em campo às 19h15, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). 

- Acho que vitória é importante sempre, mas esta vai nos deixar mais tranquilos, sim, para a sequência do campeonato. O calendário é bem apertado. Teremos uma folga para trabalharmos com mais calma. Se obtivermos a vitória, vai ser muito bom - analisa Leandrinho, de volta à equipe após lesão.

O meia, revelado na base alvinegra, tem sua dose de razão. O time de General Severiano vem sofrendo bastante com os problemas físicos - nas dez primeiras rodadas, a equipe não tinha tantas opções, e o número de lesionados também era maior. O departamento médico está praticamente vazio, agora. Rodrigo Lindoso deve voltar contra o São Paulo, no domingo da outra semana e Jefferson também não tarda a estar à disposição.

No melhor cenário, Ricardo Gomes deve utilizar três dias ou quatro treinamentos que vão anteceder ao duelo contra o Tricolor Paulista para ajustar a parte tática do time. Mas será muito melhor trabalhar com a alegria vista nos últimos dias, após a vitória sobre o Palmeiras e a fuga da zona de rebaixamento. Para evitar desespero logo ali, é melhor vencer hoje.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos