Comissão aprova uma série de mudanças nas regras do MMA

Na última terça-feira (2), a ABC (Associação dos Comissionários de Boxe) aprovou mudanças consideráveis nas regras unificadas do MMA. As alterações ocorreram no encontro anual do grupo, que regula as regras do esporte e a vitória aconteceu por 42 votos a favor e apenas um contra.

A mudança mais significativa na regra ocorreu na contagem de pontos, na efetividade nos golpes aplicados e posições no solo, que serão os principais fatores avaliados pelos juízes. Caso haja empate nesses quesitos, os árbitros usam como critério de desempate a agressividade e o controle do octógono. A alteração pressupõe uma flexibilização aos juízes, que terão mais liberdade em dar um 10 a 8, em caso de domínio amplo de um atleta sobre outro.

Outra mudança importante e que promete gerar polêmica foi com relação a regra dos três apoios, onde o lutador antes não poderia levar golpes na cabeça. Agora, ficou decidido que é necessário que o atleta esteja com as duas mãos e pés no solo para que sejam proibidas joelhadas e chutes na cabeça. Com três apoios, o lutador poderá ser atingido. Chutes com o calcanhar nos rins e chaves na clavícula também estão liberados daqui para frente.

As Comissões Atléticas podem implementar as mudanças a partir do dia 1º de janeiro de 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos