Em petição, portugueses sugerem 'Copa do Mundo itinerante' em 2022

Uma petição assinada em Portugal pede à Fifa que o Qatar não seja a única sede da Copa do Mundo de 2022. Apoiada pelo ex-jogador e ídolo do Benfica José Augusto, a campanha sugere que as partidas do torneio também sejam disputadas na Arábia Saudita, Oman, Bahrein, Irã, Kuwait e Emirados Árabes Unidos, ou seja, uma "Copa do Mundo itinerante" pelo Golfo Pérsico.

Segundo o jornal "Record", o argumento principal é não concentrar no Qatar todo o esforço financeiro do torneio internacional.

- Todos os países referidos têm experiência na organização de grandes eventos e já têm muitos estádios de excelente qualidade construídos, além de outras infraestruturas de suporte, estabilidade econômica, política e social. Com esta iniciativa, não será preciso construir mais estádios e, em vez de dois milhões de pessoas, envolveremos mais de 100 milhões - afirmou o autor da iniciativa. António Mano Silva.

Além da sugestão, o documento também sugere um fundo financeiro para refugiados e para a construção de hospitais, escolas e campos de futebol.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos