Nick Diaz afirma ter sido dopado ante de luta contra Georges St. Pierre

Meio-médio do UFC, Nick Diaz está livre para voltar a lutar, após um ano e meio suspenso por ter sido flagrado de maneira reincidente por uso de maconha, em sua luta contra Anderson Silva, em janeiro de 2015.

Após a liberação, o lutador americano já voltou as manchetes com mais polêmica. Em entrevista à ESPN, Diaz declarou que acredita ter sido drogado antes de sua luta contra Georges St-Pierre, que aconteceu em 2013, no Canadá e acusou o rival de não ter batido o peso.

- Quando lutei contra GSP, primeiro de tudo, alguém me drogou. E ele não bateu o peso. A comissão veio até mim e disse que ele não estava tentando e que, se tivesse um pound (0.4kg) ou não de tolerância, não faria diferença. Se a luta tivesse sido em Las Vegas, onde deveria ter sido, eles teriam feito o antidoping na gente, como também não dariam um pound de tolerância. Sendo assim, ele teria que ter batido o peso - disparou.

Apesar de ainda não ter data para retornar ao octógono, Nick Diaz foi citado pelo atual campeão dos meio-médios, Tyron Woodley, que declarou que gostaria de fazer sua primeira defesa de cinturão diante do compatriota.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos