'Trabalho e mérito': santistas vibram e 'explicam' liderança no Brasileiro

A liderança santista no Campeonato Brasileiro animou o elenco, após o empate sem gols com o Flamengo na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). Tanto o lateral-esquerdo Victor Ferraz, como o experiente meia Elano fizeram questão de citar o trabalho a longo prazo do técnico Dorival Júnior no Santos. Vale lembrar que o Peixe pode não terminar a 18ª rodada no topo, já que Palmeiras e Grêmio ainda entram em campo nesta quinta-feira e ambos passam o Alvinegro em caso de vitória.

- Ficamos muito felizes com a liderança, fruto de um trabalho bem feito, de uma sequência de bons jogos. Vamos esperar o fim da rodada e podemos comemorar por enquanto, mas temos que ser líderes no dia 4 de dezembro. Agora é descansar e enfrentar o América-MG para terminar bem o turno - disse o lateral, citando o próximo confronto, em Minas Gerais.

- O primeiro lugar é o lugar onde o Santos merece estar, eu fui campeão duas vezes aqui, temos um equipe igual a todas as outras do campeonato. Temos que ter os pés no chão, mas o time se comportou bem hoje. Tivemos chance de vencer, fruto de muito trabalho - completou Elano, analisando a partida contra os rubro-negros.

Caso confirme a liderança ao fim da 18ª rodada, o Peixe reviverá feito de dez anos atrás. Última vez que esteve em primeiro ao término de uma rodada foi em 2006, ainda no começo do campeonato, na quinta jornada. O próximo jogo será contra o América-MG, às 11h, no Independência, em Belo Horizonte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos