André diz não ligar para críticas e se defende no Corinthians: 'Paciência'

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

André cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo e foi desfalque do Corinthians na partida deste meio de semana, contra o Atlético-PR. Curiosamente, foi o primeiro dos nove jogos comandados pelo técnico Cristóvão Borges em que o Timão não balançou as redes adversárias. Camisa 9 contratado no início do ano, o atacante tem apenas seis gols marcados em 27 partidas até o momento, o que não lhe garantiu a condição de titular absoluto até o momento. Em meio às críticas, André se defendeu.

 

- Eu nem assisto, não sei de nada. É normal o pessoal falar isso, mas se pegar nossos últimos três jogos vai ver que o goleiro adversário foi melhor jogador em campo. Então acho que é paciência. No nosso time não é só atacante que faz gol, mas todo mundo. É trabalhar e fazer gol para ninguém falar mais isso - disse André, em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, após o treinamento no CT Joaquim Grava.

Contratado por cerca de R$ 4 milhões do Atlético-MG e vinculado ao Timão até dezembro de 2019, André ainda não caiu nas graças da torcida. Ele acredita que seu percurso pode ser semelhante ao de Vagner Love, que não agradou nos primeiros meses do ano passado, mas depois embalou como um dos goleadores da temporada e peça fundamental na conquista do Brasileirão.

 

- Tudo o que é bom nós temos que trazer para a gente. Claro que o Love é o Love, outro jogador, mas tomara que daqui para frente a bola comece a entrar para mim também - disse o jogador, que já se prepara para o compromisso diante do Cruzeiro, na próxima segunda-feira.

 

- É um pouco diferente jogar na segunda-feira à noite, não estamos acostumados a jogar nesse dia e horário, mas pode ser bom ou ruim. Ser o último a jogar tem a pressão de ter que ganhar, então é uma coisa que temos que saber lidar. Vamos ver se essa segunda-feira à noite traz confiança para a gente. A gente vai ter que treinar sábado e domingo, que é quando geralmente jogamos. Muda um pouco, mas não foge muito do que a gente já vem fazendo - relatou.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos