Bauza é apresentado na Argentina e confirma que conversará com Messi

Após oito meses no São Paulo, o técnico Edgardo Bauza foi apresentado nesta sexta-feira como o novo treinador da seleção argentina. Em coletiva, Patón confirmou a viagem para encontrar com Messi em Barcelona, mas negou que a missão é apenas convencê-lo a voltar ao time após renunciá-lo ao fim de junho, com a derrotada para o Chile, na decisão da Copa América Centenária.

- Não vou convencer ninguém. Minha única intenção é conversarmos sobre futebol. É fácil falar sobre esse assunto com ele. Quero contá-lo sobre minha experiência como jogador e minhas ideias. Depois, veremos o que sairá. Espero tenha tempo para me receber, pois sei que terá uma partida pela frente - afirmou.

Além de Messi, os próximos passos de Bauza será conversar com os dois antecessores na Albiceleste: Alejandro Sabella e Gerardo Martino. Patón sabe que o tempo joga contra, pois no início de setembro já terá dois jogos das Eliminatórias Sul-Americanas pela frente (Uruguai, dia 1º, e Venezuela, dia 6).

- Estou contente, mas com a cabeça cheia de preocupações. Tenho muito o que fazer. Darei minha vida para que tudo saia bem. Meu grande objetivo é conquistar um título - colocou o treinador.

Além da seleção argentina, Bauza dirigiu dez clubes na carreira. Na Argentina, ele trabalhou no Rosario Central, Vélez Sarsfield, Colón e San Lorenzo. Fora do país, Patón passou por São Paulo, LDU, Al-Nassr e Sporting Cristal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos