Chris Froome popde chegar ao topo no Brasil, diz jornalista

"Nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, um dos ciclistas mais esperados é Chris Froome. Em boa forma, ele chega no Rio com mais um título do Tour de France - o seu terceiro na carreira -, e é um dos fortes candidatos para levar a medalha olímpica na modalidade.

Na prova de estrada, Froome irá pedalar junto com Cummings, Geraint Thomas, Adam Yates e Ian Stannard. Desta vez, o time britânico chega com uma dose extra de motivação, já que nos Jogos de Londres, em 2012, os ingleses passaram longe do pódio.

A etapa do Rio parece ser compatível com a prova de Liége (BEL). O trecho de 12km em Copacabana, favorecerá qualquer um que tenha velocidade ou habilidade para superar as curvas e montanhas do percurso.

A lista de potenciais medalhistas é longa, já que a expectativa é de que seja uma prova bastante disputada e tensa. Sem esperar por largas vantagens, o vencedor só deve ser conhecido no final da etapa. Apesar disso, o espanhol Alejandro Valverde pode ser um nome forte. Ele tem muita experiência em competições como esta, mas, mesmo tendo seis medalhas, nunca ganhou o ouro.

O percurso, que exige habilidades como velocidade e força nas subidas e descidas, parece perfeito para ele. Mesmo assim, é uma dúvida e Valverde, que já foi banido por doping, talvez não seja o nome mais popular para levar o ouro,

Froome, por outro lado, ainda não tem uma medalha neste tipo de competição. No entanto, a 'falta de experiência' pode ser encarada de duas formas pelo ciclista de 31 anos. Diante do desafio, poderá ser uma fraqueza ou motivo de força, já que ele. sozinho, costuma se tornar um candidato perigoso."

William Fotheringham, do jornal britânico 'The Guardian'

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos