Argentina busca recuperação contra Argélia no futebol olímpico

Sair do zero. Esse é o pensamento tanto de Argentina quanto de Argélia na segunda rodada do Grupo D, do futebol masculino olímpico. As equipes, derrotadas na estreia, entram em campo no Estádio Olímpico Nilton Santos, neste domingo (7), em busca de um triunfo fundamental para a sequência na competição. Quem perder fica, praticamente, fora da briga pelo ouro.

Com sua federação sob intervenção e dirigida pelo interino Olarticoechea, a seleção argentina quase não mandou equipe aos Jogos. Ainda assim, a estreia diante de Portugal não deixou de ser uma decepção. A dupla de ataque formada pela promessa Angel Correa, do Atlético de Madri, e o ex-são-paulino Calleri gerava grande expectativa. E continuam sendo a grande esperança dos bicampeões olímpicos. Afinal, foi dos pés deles que saíram as melhores oportunidades albicelestes no primeiro jogo. No entanto, o melhor conjunto português e o frangaço do goleiro Rulli deixaram a Argentina pra trás no grupo após a primeira rodada. Agora, apenas uma vitória mantém os hermanos no páreo.

- Temos um time equilibrado e tomara que a história mude para nós no grupo e possamos conseguir a classificação para a próxima fase. Mas teremos que aproveitar as nossas chances, coisa que não fizemos contra Portugal - analisou o técnico Olarticoechea, que, apesar da falha de Rulli, vai manter o arqueiro como titular na partida deste domingo.

Se Rulli tomou um frango na estreia argentina, o que dizer de Chaal? O goleiro argelino falhou feio em dois dos três gols sofridos por sua seleção na derrota para Honduras, na última quinta (4). Mas não dá para dizer que a culpa pelo revés foi exclusivamente do arqueiro. A seleção africana criou inúmeras chances, mas desperdiçou quase todas. Com mais posse de bola e levando mais perigo ao gol adversário, o time jogou fora as oportunidades de vitória. Agora, precisa usar um pouco da receita do técnico argentino a seu favor: aproveitar as chances criadas para vencer a Albiceleste e evitar a eliminação precoce no torneio olímpico.

Ficha do Jogo:

Local: Estádio Olímpico Nilton Santos, o Engenhão

Quando: Domingo, 7/08, às 18:00

ARGENTINA: Rulli, Magallán, Gianetti, Cuesta, Soto; Martínez, Asacacíbar, Gomez, Lo Celso; Calleri, Correa (Técnico: Olarticoechea).

ARGÉLIA: Chaal, Demmou, Keniche, Bounedjah, Belkebla; Benkablia, Haddouche, Benguit, Bendebka; Ferhani, Ait-Atmane (Técnico: Pierre-Andre Schürmann).

Arbitragem: Cüneyt Çakir (TUR), com Bahattin Duran (TUR) e Terik Ongün (TUR).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos