McGregor prevê nocaute em Diaz no segundo round e diz ter pena de Aldo

Campeão dos penas do UFC, Conor McGregor enfrenta o seu único algoz dentro da organização, Nate Diaz, no próximo dia 20, em Las Vegas (EUA), em revanche que acontece na categoria dos meio-médios, a exemplo da primeira luta.

No UFC 196, o irlandês acabou finalizado no segundo round e, para o UFC 202, Conor pretende dar o troco na mesma moeda, só que através de um nocaute, conforme declarou em recente conferência telefônica.

- Foi errado entrar lá esperando que eu acabaria a luta no primeiro round. Entrei lá buscando o nocaute no primeiro round e o encostei na grade, tentei arrancar a cabeça dele, fiz o que disse que ia fazer. Mas o respeito porque teve experiência e soube lidar com a tempestade. Dessa vez, vou entrar lá para pressioná-lo, mas terei muito mais gás no meu tanque. Acredito que vou devolver o favor e nocauteá-lo no segundo round - disse confiante.

Quando perguntado se após a luta contra Nate Diaz, McGregor volta para a divisão dos penas para defender o seu cinturão, o campeão deixou a resposta em aberto e se disse feliz por José Aldo.

- Quem sabe o que vem depois? Fiquei feliz pelo Aldo, quando você vê um campeão de tanto tempo ser nocauteado do jeito que o nocauteei, isso me fez sentir um pouco de pena ele. Eu passei tanto tempo com aquele cara naquela turnê. Na primeira vez ele fugiu faltando pouco tempo para a luta, na segunda precisei de 13 segundos para acabar com ele. Eu não sei o que estou pensado e não sei o que vem em seguida no peso-pena - encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos