Mourinho critica atitude de CR7 à beira do campo na final da Euro

Técnico português, José Mourinho reprovou a atitude de seu conterrâneo Cristiano Ronaldo na final da Eurocopa-2016. De acordo com Special One, o camisa 7 "não contribuiu em nada" ao se tornar "auxiliar-técnico" de Fernando Santos nos minutos finais do duelo diante dos anfitriões franceses.

- Cristiano Ronaldo perdeu um pouco o controle emocional. Não fez mal algum, mas creio que também não contribuiu em nada nos últimos minutos da final da Eurocopa. Foram os 11 que estavam em campo, e quem dirigiu a equipe foi o treinador. Vejo aquilo como um derrame de emoção de alguém que viu que faltavam poucos minutos para chegar a um objetivo que todo mundo queria - disse Mourinho ao canal português "Sport TV", contrastando com muitos comentários elogiosos à época da final.

Cristiano Ronaldo não pôde ajudar em praticamente nada na final da Euro. O astro do Real Madrid lesionou o joelho esquerdo após levar uma pancada de Payet, logo nos primeiros minutos. Ele saiu de campo chorando, deixando a sua emoção, contestada pelo técnico do Manchester United, aflorar no restante do confronto - vencido pelos portugueses por 1 a 0.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos